Connect with us
Atacante Hugo Cabral comemora gol do Santa Cruz contra o Lagarto Atacante Hugo Cabral comemora gol do Santa Cruz contra o Lagarto

PESanta CruzSESérie DÚltimas

Santa Cruz empata com o Lagarto e avança na Série D

Reprodução/Instat TV

Published

on

Sergipanos saíram na frente, mas Hugo Cabral empatou ainda no 1º tempo

Não acabou neste sábado a jornada do Santa Cruz na Série D. Contra o Lagarto, o Tricolor precisava de uma vitória para não depender de ninguém. O jogo terminou em 1×1, mas a Juazeirense também não fez sua parte contra o CSE e garantiu a vaga coral.

Em campo, o Lagarto saiu na frente logo aos 7, com Neto. Depois, os sergipanos conseguiram abaixar o ritmo do jogo, mas o Santa Cruz empatou aos 45, com Hugo Cabral. O Tricolor ainda buscou a virada no 2º tempo, mas faltou força ofensiva para mais um gol.

Fora de campo

Em parte do 2º tempo, o futebol ficou fora do foco nas arquibancadas. Aconteceram brigas nas organizadas do Santa Cruz. Após a interferência da polícia, spray de pimenta foi atirado e alguns torcedores corais precisaram ser recolhidos para ambulâncias.

Santa Cruz x Lagarto, no Arruda
Reprodução/Instat TV

Como fica?

Com os resultados da chave, o Lagarto perdeu a 1ª colocação da chave, que ficou com o ASA. O time de Arapiraca somou os mesmos 25 pontos do time sergipano, que ficou em 2º. A vantagem alagoana veio no número de vitórias (7×6).

Depois, o G4 continua com Jacuipense (21) e Santa Cruz (19), todos classificados. Eliminados, Sergipe (18), Juazeirense (16), CSE (14) e Atlético de Alagoinhas (10) se despedem do Campeonato Brasileiro em 2022.

Na sequência da Série D, os classificados iniciam uma jornada de três etapas na busca pelo acesso. Nesta fase de 16 avos de final, os times do grupo A4 enfrentam os do A3:

  • ASA x Afogados-PE
  • Lagarto x Sousa-PB
  • América-RN x Jacuipense
  • Retrô-PE x Santa Cruz

Santa Cruz x Lagarto

1º tempo: Jogo fraco, empate no fim

O Santa Cruz entrou em campo nervoso, errando passe atrás de passe e devolvendo a posse de bola para sem resistência. Assim, o Lagarto saiu na frente logo aos 7. Em cruzamento da esquerda, Neto apareceu livre no outro lado para cabecear no cantinho direito de Jefferson.

Atacante Neto abriu o placar para o Lagarto contra o Santa Cruz - Reprodução Instat TV
Livre na área, Neto abriu o placar – Reprodução/Instat TV

Daí, o Lagarto entrou em um jogo mais confortável, desacelerando as ações. E, aos poucos, o Santa Cruz conseguiu ganhar campo e se aproximar da defesa adversária. Mas o time seguiu sem saber o que fazer com a bola, falhando na defesa, no meio e no ataque.

Tanto que o perigo seguia do outro lado. Aos 25, uma falha incrível de Luan Bueno deixou Cleiton cara a cara com Jefferson para tocar para fora. E a reação só veio aos 45. Matheuzinho recebeu na direita e cruzou na 2ª trave, onde Hugo Cabral apareceu de cabeça e empatar.

Atacante Hugo Cabral marcou gol de empate para o Santa Cruz contra o Lagarto - Reprodução Instat TV
Hugo Cabral empatou de cabeça – Reprodução/Instat TV

2º tempo: Santa cresce, mas chances somem

Depois do intervalo, o Santa Cruz voltou mais ligado ao campo e conseguiu equilibrar o jogo. Com uma mudança ainda no início do 2º tempo, Marcelo Martelotte colocou o estreante Arthur Santos, volante, no lugar de Wescley, meia, e o time reagiu bem.

Assim, o Tricolor conseguiu melhorar o ritmo de jogo e encaixar a marcação na faixa central de campo. Mas na hora de subir as linhas para chegar à área, a dificuldade coral se mantinha. E a disposição ofensiva diminuía ao passo que o time coral ia se cansando.

Com mais algumas mudanças, o Santa Cruz recuperou esse fôlego e voltou a buscar suas jogadas no setor ofensivo. Na melhor das poucas chances reais, aos 45, Macena bateu falta por baixo da barreira e Adilson espalmou em cima da linha. Assim, o jogo terminou no 1×1.

Ficha do jogo

Santa Cruz (1)
Jefferson; Edson Ratinho, Luan Bueno, Alemão e Ítalo Silva; Daniel Pereira, Wescley (Arthur Santos) e Tarcísio; Hugo Cabral (Fabrício), Matheuzinho (Lucas Silva) e Rafael Furtado (Raphael Macena). Técnico: Marcelo Martelotte.

Lagarto (1)
Adilson; Guilherme Lucena, Davi, Júnior Goiano e Márcio Duarte; Natan (Vitor Garcia), Felipe Jacaré, Davi Ceará (Diogo); Neto (Tiquinho), Bruninho (Ricardinho) e Cleiton (Netinho). Técnico: Givanildo Sales.

Local do jogo: Estádio do Arruda, no Recife-PE
Árbitro: Thiago Luis Scarascati (SP)
Assistentes: Bruno Cesar Chaves Vieira (PE) e Karla Renata Cavalcanti de Santana (PE)
Gols: Neto (7’/1ºT | LAG), Hugo Cabral (45’/1ºT | SCZ)
Cartões amarelos: Matheuzinho, Fabrício (SCZ), Felipe Jacaré, Davi e Netinho (LAG)
Público: 14.275 torcedores
Renda: R$ 267.150

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending

Copyright © 2020 NE45. Todos os direitos reservados