conecte-se conosco
Fernando Marchiori - ABC Fernando Marchiori - ABC

NáuticoPESérie CÚltimas

Ricardo Catalá e Fernando Marchiori estão na lista do Náutico, que ouviu negativas de Daniel Paulista e Allan Aal

Foto: Rennê Carvalho/ABC

Publicados

em

Timbu está no mercado de olho em um substituto para o técnico Dado Cavalcanti

Após demitir o técnico Dado Cavalcanti, o Náutico está no mercado de olho em um substituto para a sequência da Série C. E o Timbu fez contatos iniciais com os treinadores Daniel Paulista e Allan Aal. Porém, não houve avanços até o momento, conforme apuração da reportagem do NE45. Assim, a cúpula alvirrubra busca nomes mais viáveis, vide Fernando Marchiori e Ricardo Catalá, que estão na lista do clube.

Com relação aos nomes de Fernando Marchiori e Ricardo Catalá, que figuram na lista do Náutico, eles são vistos com bons olhos pela cúpula alvirrubra por se encaixarem em dois pontos fundamentais: bom trabalho recente na Série C e alinhamento financeiro com a realidade do Timbu.

As conversas com Daniel Paulista e Allan Aal não avançaram até o momento, predominantemente, pelo desejo de ambos os técnicos assumirem clubes da Série B, ou seja, uma divisão acima do Timbu. O último clube de Daniel foi o CRB, de onde foi demitido em novembro de 2022. Aal, por sua vez, esteve no Vila Nova no ano passado, livrando a equipe da queda à Série C e fazendo uma campanha segura.

Uma nova consulta pelos técnicos, por sua vez, não está descartada, a depender do desenrolar da busca do Timbu por um novo treinador.

É importante destacar que o Náutico está punido pela CNRD por conta de um débito com ex-zagueiro Tiago Alves, que defendeu o clube em 2017, e não pode inscrever novos atletas e treinador no elenco profissional. O departamento jurídico do clube trabalha para resolver o problema o quanto antes.

Fernando Marchiori - ABC
Foto: Rennê Carvalho/ABC

Os trabalhos recentes de Marchiori e Catalá, que estão na lista do Náutico

Fernando Marchiori, aliás, foi demitido do ABC no último domingo (14) após um início ruim de Série B. O treinador conquistou o acesso à Segunda Divisão no ano passado, sendo vice-campeão da divisão. Além disso, ganhou o Potiguar de 2022. Neste ano, foi semifinalista da Copa do Nordeste e também levou o time para a decisão do Estadual – ainda não definida.

A pressão pelo momento ruim, contudo, fez o treinador ser demitido após nove jogos sem vencer, com sete derrotas e dois empates no período. O ABC, inclusive, é o lanterna da Série B. Ao todo, foram 65 jogos pelo Alvinegro, com 30 vitórias, 19 empates e 15 derrotas.

Assim como Marchiori, Ricardo Catalá também conquistou o acesso à Série B no ano passado. Mais do que isso: no comando do Mirassol, o treinador foi campeão da Série C, até então título inédito para o clube, e batendo o ABC na final do torneio nacional.

Na atual temporada, não conseguiu classificação às quartas de final do Campeonato Paulista. Assim, foi disputar o Troféu do Interior, onde acabou com o vice-campeonato diante do São Bernardo, nos pênaltis.

No início de maio, contudo, a passagem de Catalá pelo Mirassol chegou ao fim. Ele foi demitido após perder por 2 x 0 para o Novorizontino, em duelo válido pela quarta rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Na atual temporada, comandou a equipe em 18 partidas. No total, somando as duas passagens pelo Mirassol, foram 84 jogos disputados, com 37 vitórias, 24 empates e 23 derrotas.

Técnico_Ricardo Catalá_Mirassol_Alvo_Náutico
Foto: Pedro Zacchi/Agência Mirassol

Trending

Copyright © 2020 NE45. Todos os direitos reservados