conecte-se conosco
CRB perde da Chapecoense fora de casa, pela Série B CRB perde da Chapecoense fora de casa, pela Série B

ALCRBSérie BÚltimas

CRB joga mal e perde da Chapecoense, fora de casa, pela Série B

Foto: Tiago Meneghini/Chapecoense

Publicados

em

Galo teve 1º tempo muito ruim e só reagiu na etapa final após sofrer dois gols, mas não foi suficiente

Numa atuação ruim, o CRB perdeu da Chapecoense por 2 x 1 neste domingo (9), na Arena Condá, em Chapecó-SC, pela 16ª rodada da Série B. Um jogo onde o time sentiu falta dos atletas que desfalcaram, mas que também não soube encontrar soluções diante das limitações que teria.

Dessa forma, o Galo pecou na criatividade em campo, até porque faltou muito à equipe regatiana. Com isso, a Chapecoense foi melhor em campo e conquistou o resultado com mérito. Bruno Nazário e Maxwell marcaram para o Verdão e Hyuri descontou para o CRB.

Classificação do CRB na Série B

Com esta derrota, o CRB estaciona nos 21 pontos e cai para a 12ª posição da Segunda Divisão. Enquanto isso, a Chape vai a 15 pontos, na 16ª colocação, deixando a zona de rebaixamento.

Qual o próximo jogo do CRB?

O Alvirrubro volta a campo na próxima sexta-feira (17), quando receberá o Avaí no estádio Rei Pelé, às 19h, pela 17ª rodada da Série B.

Números, estatísticas e mais sobre o futebol nordestino: Confira as últimas do Blog de Cassio Zirpoli

CRB tem atuação fraca e sai com derrota de Chapecó

O CRB entrou em campo com algumas mudanças forçadas, já que não teria a presença de três titulares: Renato, João Paulo e Guilherme Romão. Com isso, o técnico Daniel Paulista mudou o esquema de jogo, entrando com quatro meio-campistas, reforçando a marcação. Mas o time não rendeu. O 1º tempo foi inteiro da Chapecoense.

Mesmo com um time limitado, onde pecava na pontaria, a Chape foi melhor que o CRB e tinha mais presença no campo de ataque, além de ter criado as melhores chances dos 45 minutos iniciais. O Galo pouco rendeu e foi presa fácil.

Logo aos dois minutos, Kayke perdeu uma grande chance para os donos da casa, após receber passe nas costas da defesa e tentar encobrir Diogo Silva, mas mandou para fora. Depois disso, a Chape insistia na bola aérea, mas encontrava dificuldades. Somente assustou aos 36, em bola que Bruno Nazário recebeu de frente para Diogo Silva, mas chutou em cima do goleiro.

Enquanto isso, o CRB se mostrava inofensivo. No começo do 2º tempo, até teve um pedido de pênalti marcado pelo árbitro, mas o VAR chamou para revisão e a penalidade foi anulada. Em seguida, o castigo.

Aos seis minutos, Kayke recebeu lançamento longo e ganhou de Matheus Ribeiro na corrida. Na linha de fundo, cruzou na segunda trave, onde Bruno Nazário apareceu para completar de pé direito e marcar.

Logo em seguida, aos 11 minutos, veio mais um golpe. Escanteio para os donos da casa, com desvio na primeira trave. Assim, Maxwell apareceu livre, quase na linha do gol, para completar e ampliar o marcador.

Depois disso, o técnico Daniel Paulista realizou mudanças na equipe para torná-la mais ofensiva. Só que o CRB continuava com muita dificuldades para criar, já que tinha um time mais lento por conta das ausências em campo. Mas ainda assim, conseguiu diminuir a desvantagem.

Rômulo recebeu com liberdade pelo lado direito e cruzou baixo para Hyuri, no meio da zaga, desviar de pé direito para o fundo do gol aos 36. Apesar da pressão até o fim, o Galo não conseguiu converter isso em gol e saiu derrotado, deixando de lado a chance de engatar uma sequência de vitórias na competição.

FICHA DO JOGO

Chapecoense 2

Airton; Felipe Albuquerque (Douglas Borel), Bruno Leonardo, Lucas Freitas e Cristiano; Bruno Vinícius (Giovanni Pavani), Gustavo Cazonatti e Bruno Nazário (Neto); Alisson Farias, Maxwell (Marco Antônio) e Kayke (Rafael Ribeiro). Técnico: Gilmar Dal Pozzo.

CRB 1

Diogo Silva; Matheus Ribeiro (Hereda), Saimon, Anderson Conceição e Edimar; Falcão (David Braw), Lucas Lima (Juninho Valoura), Anderson Leite (Bruno Silva) e Rafael Longuine (Hyuri); Rômulo e Anselmo Ramon. Técnico: Daniel Paulista.

Local: Arena Condá, em Chapecó-SC.
Árbitro: Fabio Augusto Santos Sa Junior (SE).
Assistentes: Daniel Vidal Pimentel e Vanessa Santos Azevedo (ambos SE).
Gols: Bruno Nazário (06’/2ºT) e Maxwell (11’/2ºT) (CHA); Hyuri (36’/2ºT) (CRB).
Cartões amarelos: Bruno Vinícius e Felipe Albuquerque (CHA); Anselmo Ramon (CRB).

Trending

Copyright © 2020 NE45. Todos os direitos reservados