conecte-se conosco
Drama alvinegro na Série B: ABC sai na frente e cede empate ao Vila Nova a 10 segundos do fim do jogo Drama alvinegro na Série B: ABC sai na frente e cede empate ao Vila Nova a 10 segundos do fim do jogo

ABCRNSérie BÚltimas

Drama alvinegro na Série B: ABC sai na frente e cede empate ao Vila Nova a 10 segundos do fim do jogo

Publicados

em

Elefante fez jogo de muita luta fora de casa e segurava a vitória contra o Vila Nova, mas sofreu gol dolorido no fim

Um jogo de muita luta, onde a vitória parecia vir. Mas foi arrancada das mãos do Alvinegro. Assim, o ABC empatou em 1 x 1 com o Vila Nova neste sábado (22), fora de casa, no estádio Onésio Brasileiro Alvarenga (OBA), em Goiânia, pela 19ª rodada da Série B.

Depois de sair na frente do placar com o atacante Paulo Sérgio, o Alvinegro vinha segurando o resultado diante de uma forte pressão do time goiano. Mas o destino é cruel. Faltando 10 segundos para o fim, Henrique Almeida marcou de cabeça e definiu o empate no duelo.

Classificação do ABC na Série B

Com este resultado, o ABC segue na lanterna da Série B, com 12 pontos, e aumenta para quatro jogos o jejum de vitórias na competição. Além disso, são seis pontos de diferença para o Tombense, 16º colocado e primeiro time fora da zona de rebaixamento. O Vila Nova é o vice-líder, com 35 pontos.

Qual é o próximo jogo do ABC?

O Alvinegro volta a campo no próximo sábado (29), quando receberá o Londrina no Frasqueirão, às 17h, pela 20ª rodada da Série B, na abertura do segundo turno da competição.

Números, estatísticas e mais sobre o futebol nordestino: Confira as últimas do Blog de Cassio Zirpoli

ABC luta, sai na frente, mas leva empate a 10 segundos do fim do jogo

O primeiro tempo foi truncado, com o ABC adotando uma postura mais defensiva para segurar o ímpeto adversário, enquanto apostava também nos contra-ataques. Assim, conseguiu conter boa parte das ações ofensivas do adversário, mas seguiu com dificuldades no setor de criação.

Só que, aos poucos, o Vila Nova começou a achar espaço para ser perigoso. Aos 15 minutos, Sousa aproveitou o rebote e mandou uma bomba na trave. Pouco depois, aos 17, Guilherme Parede bateu forte e Simão espalmou.

Depois disso, o ABC voltou a ter um melhor controle na defesa, mas continuou improdutivo no ataque. No fim da primeira etapa, ainda sofreu mais um susto. Aos 47, em bobeira da zaga, a bola sobrou na entrada da pequena área para Neto Pessoa cabecear forte e parar em uma linda defesa de Simão.

No segundo tempo, o ritmo da partida continuou semelhante, com o Vila Nova tendo mais posse de bola, rondando a área alvinegra, mas não conseguia marcar. Aos 14, Henrique Almeida tentou cruzamento, sem ângulo, e acertou a trave esquerda. A pressão do Tigre seguia, mas sem efetividade para finalizar.

Paulo Sérgio, atacante do ABC
ABC fez partida pouco produtiva no ataque, mas Paulo Sérgio guardou a chance que teve. Foto: Rennê Carvalho/ABC

A boa marcação do Elefante teve seus méritos. Vinha segurando muito bem o ímpeto adversário e precisava uma bola lá na frente. Ela veio. Aos 34, após cobrança de escanteio em uma das poucas chegadas do ABC ao ataque, Richardson desviou na primeira trave e Paulo Sérgio, na pequena área, empurrou para as redes.

Diante disso, o Alvirrubro goiano foi para o abafa. Uma pressão enorme que o time potiguar precisava dar conta. Aos 37, de voleio, Henrique Almeida mandou por cima da meta. Aos 41, Luciano Naninho ficou com a bola na entrada da área e, com espaço, finalizou muito perto da trave direita.

Rafael Donato tentou de cabeça, aos 51, e mandou para fora. A pressão seguiu até o fim e o ABC segurava, mas não conseguiu e tomou um gol faltando 10 segundos para o fim. Após lançamento para a área, Guilherme Pacheco escorou para o meio e Henrique Almeida, de peixinho, empatou. No último lance. Empate totalmente dramático para o Alvinegro.

FICHA DO JOGO

Vila Nova 1

Denis Júnior; Léo Duarte (Marcelinho), Marcondes, Rafael Donato e Rodrigo Gelado (Diego Renan); Ralf, Sousa (Luciano Naninho) e Lourenço; Guilherme Parede, Éverton Brito (Ronald) e Neto Pessoa (Henrique Almeida). Técnico: Claudinei Oliveira.

ABC 1

Simão; Gedeílson, Genílson, Habraão e Jhonnathan (Richardson); Wallace, Jean Patrick (Ramon) e Matheus Anjos; Evandro (Welliton), Wallyson (Renan Bressan) e Paulo Sérgio. Técnico: Allan Aal.

Local: Estádio Onésio Brasileiro Alvarenga (OBA), em Goiânia-GO.
Árbitro: Yuri Elino Ferreira da Cruz (RJ)
Assistentes: Thiago Rosa de Oliveira e Lilian da Silva Fernandes Bruno (ambos RJ).
Gols: Paulo Sérgio (34’/2ºT) (ABC); Henrique Almeida (51’/2ºT).
Cartões amarelos: Éverton Brito (VIL); Genílson, Paulo Sérgio, Evandro, Simão e Matheus Anjos (ABC).
Público: 10.000 torcedores.
Renda: R$ 249.175,00.

Trending

Copyright © 2020 NE45. Todos os direitos reservados