conecte-se conosco
Foto: Felipe Santos/Ceará SC Foto: Felipe Santos/Ceará SC

CECearáSérie BÚltimas

Ceará sofre virada e é derrotado pelo Juventude no último jogo da Série B

Foto: Gabriel Tadiotto/ECJuventude

Publicados

em

Vozão terminou a competição na 11ª posição, com 50 pontos; Juventude conquistou o acesso e acabou na vice-liderança, com 65 pontos

No último jogo da Série B do Brasileirão, o Ceará sofre a virada e é derrotado por 3 x 1 pelo Juventude. A partida válida pela 38ª rodada aconteceu neste sábado (25), no estádio Presidente Vargas. Com o resultado, o Vozão terminou o campeonato na 11ª posição, enquanto a equipe gaúcha conquistou o acesso à Série A de 2024.

O gol do Ceará foi marcado pelo atacante Janderson, aos 16 minutos do primeiro tempo. O Juventude, por sua vez, teve o gol anotado pelo atacante Erick, aos 41 minutos da primeira etapa.

Como ficou a situação das equipes na Série B?

O Ceará chegou para a partida sem chances de acesso à Série A de 2024 e sem riscos de rebaixamento. Apesar do resultado, o Vozão se manteve na 11ª posição, com 50 pontos. Com a vitória, o Juventude chegou aos 65 pontos e terminou a competição na 2ª colocação.

O jogo – Ceará x Juventude

Na primeira grande chance do jogo, o Juventude balançou as redes. No entanto, o gol foi anulado. O atacante Erick – que aproveitou o rebote do goleiro, após finalização de Matheus Vargas – estava em posição irregular e o árbitro de vídeo foi acionado para invalidar o gol.

A equipe visitante desperdiçou outra oportunidade, aos seis minutos de jogo. Dani Bolt recebe boa bola de Matheus Vargas e bate cruzado para área, com muita força, e desperdiça a chance de abrir o marcador.

Em sua primeira boa chegada ao ataque, o Ceará marcou o primeiro gol da partida. Aos 16 minutos, Léo Santos cruza a bola na área para Janderson. O atacante, livre de marcação, finaliza para o fundo do gol e coloca o Vozão a frente do placar.

O gol empolgou a equipe do Ceará, que aos 26 minutos quase ampliou o placar. Janderson achou um belo passe para Pedro Lucas que, na hora da finalização, foi abafado pelo goleiro Thiago Couto, que salvou o segundo gol do alvinegro. Três minutos depois, Janderson recebeu de Erick Pulga e furou uma finalização que poderia ser perigosa.

Aos 35 da primeira etapa, Gabriel Taliari quase empatou o jogo. O atacante recebeu passe de Dani Bolt e finalizou obrigando uma grande defesa do goleiro André Luiz.

Contudo, apesar da chance perdida, o Ceará não aguentou a pressão da equipe gaúcha, que empatou a partida aos 41 minutos, com Erick. O atacante aproveitou o rebote do goleiro André Luiz – que falhou no lance – e estufou a bola para o fundo das redes.

O segundo tempo começou bastante truncado, com muita disputa no meio-campo. A primeira chance aconteceu apenas aos nove minutos, com o zagueiro David Ricardo, que finalizou ao lado da trave do goleiro Thiago Couto.

O atacante do Vozão, Saulo Mineiro – que entrou no intervalo, foi expulso com dez minutos em campo. No entanto, o VAR foi acionado e, após revisão, o árbitro aplicou apenas o cartão amarelo. Contudo, teve cartão vermelho na partida cinco minutos depois. O lateral-direito Luiz Gustavo, do Juventude, recebeu o segundo amarelo após tentativa de agressão em Saulo Mineiro e deixou o campo.

Aos 25 minutos, o atacante Pedrinho arrisca de fora da área no ângulo da meta adversária e obrigou o goleiro Thiago Couto a salvar o segundo gol do alvinegro. Logo em seguida, dois minutos depois, Erick Pulga é derrubado por Alan Ruschel dentro da área. O árbitro de campo marcou o pênalti, que foi anulado após revisão do VAR.

Em busca do segundo gol para conquistar o acesso à Série A de 2024, o Juventude virou o resultado aos 34 minutos da segunda etapa. O gol que deu o acesso a equipe gaúcha foi marcado por Jadson.

Cinco minutos depois, Ruan ampliou o placar para o time jaconero. Para marcar o terceiro gol, o atacante apenas empurrou a bola para as redes após o cruzamento do meio-campista Mandaca.

FICHA DO JOGO

CEARÁ 1
André Luiz; João Vitor (Barletta), Luiz Otávio, David Ricardo (Nicolas) e Paulo Victor; Léo Santos (Zé Ricardo), Jean Carlos e Pedro Lucas (Pedrinho); Janderson, Erick Pulga e Guilherme Bissoli. Técnico: Vagner Mancini.

JUVENTUDE 3
Thiago Couto; Luiz Gustavo, Danilo Boza, Zé Marcos e Alan Ruschel; Dani Bolt (Ruan), Jadson (Kady) e Matheus Vargas (Mandaca); Vini Paulista (Emerson Santos), Erick e Gabriel Taliari. Técnico: Thiago Carpini.

Local: Estádio Presidente Vargas, em Fortaleza (CE)
Arbitragem:
Caio Max Augusto Vieira (RN)
Assistentes:
Luiz Carlos de França Costa (RN) e Jean Márcio dos Santos (RN)
VAR: Marco Aurélio Augusto Fazekas Ferreira (MG)
Gols:
Janderson (CEA) e Erick (JUV)
Cartões amarelos: Bissoli, Janderson, Jean Carlos, André Luiz e Saulo Mineiro (CEA); Luiz Gustavo e Jadson (JUV)
Cartões vermelhos: Luiz Gustavo (JUV)

Trending

Copyright © 2020 NE45. Todos os direitos reservados