conecte-se conosco
Arena de Pernambuco - Sport Arena de Pernambuco - Sport

PESportÚltimas

Sport já processou organizada e não recebeu pagamento da condenação; relembre punições sofridas por conta da uniformizada

Publicados

em

Ao longo dos anos o Leão vem sofrendo bastante devido às atitudes da sua principal organizada

Em 2015, membros da Torcida Jovem participaram de uma briga no estádio Couto Pereira, na partida contra o Coritiba, válida pela 22ª rodada do Brasileirão. O fato causou ao Sport uma punição com a perda de um mando de campo, além de R$ 50 mil de multa. O clube recorreu da decisão e a organizada foi obrigada a pagar os danos causados. Porém, isso nunca saiu do papel.

A sentença aconteceu em 2018 e o Rubro-negro deveria receber R$ 575.833,90, referente ao pagamento da quantia requerida acrescido da multa de 10% prevista no parágrafo 1° do artigo 523 do CPC.

“Entretanto, foi constatado que a entidade devedora não possui relacionamentos com nenhuma instituição bancária, o que inviabiliza o prosseguimento da execução direcionada a ativos bancários da executada”, diz o trecho da ação que o NE45 teve acesso.

Um oficial de Justiça chegou a ir na sede da organizada em busca dos pagamentos. Porém, encontrou somente cinco camisas para penhorar e a execução acabou sendo suspensa por falta de bens executáveis. O despacho aconteceu em 2021.

Sport ganha outra ação contra a Torcida Jovem

 Em 2016, por decisão judicial, a organizada ficou obrigada a pagar uma indenização no valor de R$ 13 mil por danos materiais e morais por conta de uma punição aplicada em 2014, pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva.

Na ocasião, o Leão foi punido por conta de uma briga no estádio Orlando Scarpelli, contra o Figueirense, pelo Campeonato Brasileiro. Por conta disso, o Rubro-negro perdeu dois mandos de campo e recebeu uma multa de R$ 10 mil.

Relembre casos que geraram punições ao Sport

Briga no Almeidão, em João Pessoa

O Sport foi punido pelo STJD, com duas partidas com portões fechados e multa de R$ 15 mil. A punição se deu em razão à briga ocorrida no dia 19 de janeiro de 2014, entre parte da torcida rubro-negra e a Polícia Militar da Paraíba, no estádio Almeidão, em João Pessoa, durante o jogo com o Botafogo-PB, na estreia do Nordestão.

Briga no Orlando Scarpelli, em Santa Catarina

O Sport foi punido com perda de mando de campo de dois jogos e multa de R$ 10 mil pela confusão envolvendo torcedores do Figueirense e sua principal organizada (Torcida Jovem), em Santa Catarina, pela Série A de 2014. O julgamento aconteceu no Supremo Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), no Rio de Janeiro.

Confusão contra o Vasco na Ilha do Retiro

O Sport acabou punido por conta da invasão de campo de alguns torcedores no empate por 1 a 1 com o Vasco, pela Série B de 2022. O clube carioca terminou declarado vencedor da partida por 3 a 0, e o Leão ainda foi punido com a perda de oito mandos de campo, além de ser multado em R$ 180 mil. A confusão foi ocasionada após o gol de empate vascaíno.

Confusão envolvendo Sport e Vasco Foto: Reprodução
Confusão envolvendo Sport e Vasco Foto: Reprodução

Final da Copa do Nordeste de 2023, primeiro jogo

No primeiro jogo da grande final do Nordestão em 2023, as torcidas de Sport e Ceará brigaram na Arena Castelão. Além da confusão fora do estádio, houve arremesso de cadeiras entre ambas as torcidas durante o duelo. O Ceará foi multado em R$ 5 mil, enquanto o Sport recebeu uma multa de R$ 75 mil e também perdeu o mando de campo de visitante em seis jogos.

NE45 1ªED – AS NOTÍCIAS MAIS QUENTES DO DIA – 45 MINUTOS – SPORT

Trending

Copyright © 2020 NE45. Todos os direitos reservados