conecte-se conosco

EstaduaisNáuticoPESanta CruzSportÚltimas

Conselho Arbitral votará quatro modelos para Pernambucano 21

Foto: Google Maps

Publicados

em

Os dez clubes que disputarão o Campeonato Pernambucano 2021 definirão, nesta quinta-feira, a fórmula da competição no Conselho Arbitral que será realizado na sede da Federação Pernambucana, apenas com a presença dos presidentes das agremiações. Serão colocados para escolha quatro modelos diferentes de disputa. O NE45 teve acesso às propostas que serão apresentadas aos dirigentes.

A competição tem início previsto para o dia 28 de fevereiro e término no dia 23 de maio, com jogos sendo realizados em paralelo com a Copa do Nordeste e Copa do Brasil. Disputarão o Campeonato Pernambucano 2021: Salgueiro, Santa Cruz, Retrô, Náutico, Central, Afogados, Sport, Vitória, Vera Cruz e Sete de Setembro.

Opção 1

Seria a repetição da fórmula utilizada em 2020, com os dez clubes se enfrentando entre eles, na primeira fase, apenas com jogos de ida, e os dois primeiros avançando diretamente para as semifinais, enquanto os times que ficarem entre a 3ª e a 6ª posições se enfrentando em um mata-mata, só de ida, para indicar os outros dois semifinalistas. As semifinais também ocorrem em partida única, enquanto a decisão, em dois jogos.

Os quatro últimos da primeira fase disputariam um quadrangular contra o rebaixamento, com jogos só de ida, com os dois piores caindo para a Série A2.

Ao todo, o campeonato teria 13 datas, sendo nove na primeira fase, uma nas quartas de final, uma nas semifinais e duas na final. Essa é a opção de preferência da maioria dos clubes e aparece como favorita.

Opção 2

Aqui a primeira mudança. Isso porque a primeira fase seria disputada com dois grupos de cinco times em cada, se enfrentando dentro da própria chave em jogos só de ida. 

Os campeões de cada grupo avançariam direto para as semifinais, enquanto o 2º e 3º de cada chave disputariam uma fase classificatória, com jogos de ida e volta, para indicar os outros semifinalistas. As semifinais também seriam em partidas só de ida e volta, assim como a decisão do campeonato. 

Os dois últimos de cada grupo na primeira fase disputariam um quadrangular contra o rebaixamento, com jogos só de ida, com os dois piores caindo para a Série A2.

Nesse modelo, o campeonato teria 11 datas, sendo cinco na primeira fase, duas nas quartas de final, duas nas semifinais e duas nas finais.

Opção 3

Assim como na versão anterior, a primeira fase seria disputada com dois grupos de cinco times em cada, se enfrentando dentro da própria chave em jogos só de ida. Porém, os três primeiros de cada chave avançariam para a segunda fase, que seria disputada em formato de hexagonal, com jogos só de ida. Os dois primeiros se classificariam para a final, disputada em dois confrontos.

A luta contra o rebaixamento seria a mesma, com os dois últimos de cada grupo na primeira fase disputando um quadrangular, com jogos só de ida, com os dois piores caindo para a Série A2.

Nesse modelo, o campeonato teria 12 datas, sendo cinco na primeira fase, cinco no hexagonal da segunda fase e duas nas finais.

Opção 4

A fórmula é exatamente a mesma da opção anterior, com apenas uma diferença. A decisão seria realizada em partida única, disputada na Arena de Pernambuco. 

Continue lendo
1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending