conecte-se conosco
Sport perde do CRB com gol de Anselmo Ramon Sport perde do CRB com gol de Anselmo Ramon

ALCRBPESérie BSportÚltimas

CRB bate Sport na Arena de Pernambuco e deixa Z4 da Série B; Leão pode deixar o G4

Foto: Francisco Cedrim/CRB

Publicados

em

Galo faz bom 1º tempo, marca de pênalti e sustenta resultado até o fim. Torcida leonina fica na bronca

Debaixo de muita chuva, o CRB soube se portar melhor nas condições do campo da Arena de Pernambuco e bateu o Sport nesta terça-feira (24), por 1 a 0. O gol marcado por Anselmo Ramon, de pênalti, selou a segunda vitória da equipe regatiana sob o comando de Daniel Paulista. Além disso, o CRB deixa a zona de rebaixamento da Série B.

Por outro lado, o resultado pode tirar o Rubro-negro do G4 ao fim da rodada. O Leão ainda é o 3º colocado com 15 pontos, mas pode ser ultrapassado por Novorizontino-SP e Grêmio, caso essas equipes vençam seus jogos. Já o CRB subiu para a 9ª posição, com 10 pontos.

Próximo jogo do Sport e do CRB

O Leão volta a campo na próxima terça-feira (31), às 19h, na Ilha do Retiro, contra a Ponte Preta. Já o Galo da Pajuçara joga um dia depois, na quarta-feira (1), no clássico contra o CSA. A partida está marcada para as 21h30, no estádio Rei Pelé.

CRB se adapta melhor ao campo e sai na frente

A forte chuva tomou conta da Região Metropolitana do Recife por mais um dia. O gramado da Arena de Pernambuco, em melhor condições que o da Ilha do Retiro, proporcionou jogo. Mas nem por isso deixou de sentir os efeitos do grande volume de água.

Com o campo encharcado, a bola teve um pouco mais dificuldades para rolar. Deste modo, o jogo exigia que as equipes se adaptassem a essas condições para poder desempenhar bem. Quem conseguiu fazer isso melhor foi o CRB.

O Alvirrubro conseguiu explorar bem o jogo com passes longos e saídas em velocidade, em vez de tentar tantos passes curtos, já que a bola não rolava tão bem. Coisa que o Sport insistiu em fazer e pecou por isso.

O Rubro-negro demonstrou muita dificuldade para criar jogadas e teve um primeiro tempo de pouquíssima inspiração. Enquanto que o CRB conseguiu ser melhor nesse recorte, criou mais, levou perigo e conseguiu abrir o placar.

Em boa jogada pela esquerda, bastante explorada pelo Galo, Guilherme Romão invadiu a área e foi derrubado por Éverton Felipe. Pênalti marcado e convertido por Anselmo Ramon, aos 25 minutos, que deslocou bem o goleiro Mailson.

No restante do primeiro tempo, o Sport tentou chegar, mas sequer ameaçou a meta defendida por Diogo Silva.

Partida fica movimentada, Sport aperta, mas não marca

O Leão passou por alterações e se lançou para frente. Mesmo que na base do abafa, com menos organização do que o necessário, criou mais do que no primeiro tempo. Foi mais perigoso e o CRB jogou mais acuado e se defendeu mais.

Entre algumas finalizações sem tanto perigo, o Sport veio assustar aos 12 minutos. Após cruzamento de Giovanni, Kayke cabeceou e a bola raspou a trave esquerda. Aos 14, o Galo tentou retrucar em finalização de Uillian Correia, da entrada da área, mas foi para fora.

Aos 18 minutos, a melhor bola que o Sport teve na partida caiu nos pés de Búfalo. Após jogada de Kayke, o chileno recebeu no meio da área, limpou a marcação e isolou de pé esquerdo. O Rubro-negro continuou em cima e tentou a batida com Thiago Lopes, aos 28, mas a bola passou para fora.

As equipes foram sentindo o desgasto do campo pesado. Com isso, o ritmo diminuiu e as chances ficaram cada vez mais escassas. A torcida presente na Arena de Pernambuco vaiou muito o time do Sport.

Por outro lado, os poucos torcedores do CRB saíram com motivos demais para comemorar após um jogo de muita superação, onde a equipe deixou a zona de rebaixamento.

Ficha do jogo

Sport (0)

Mailson; Ewerthon, Rafael Thyere, Sabino e Sander (Alan); William Oliveira, Bruno Matias (Kayke), Giovanni (Thiago Lopes), Everton Felipe (Ray Vanegas) e Luciano Juba; Javier ‘Búfalo’ Parraguez. Técnico: Gilmar Dal Pozzo.

CRB (1)

Diogo Silva; Gum, Gilvan (Iago Mendonça) e Wellington Carvalho; Raul Prata (Reginaldo), Claudinei (Uillian Correia), Yago (Marthã) e Guilherme Romão (Bryan); Richard, Fabinho e Anselmo Ramon. Técnico: Daniel Paulista.

Local: Arena de Pernambuco, em São Lourenço da Mata-PE.

Árbitro: Vinícius Gonçalves Dias Araújo (SP).

Assistentes: Evandro de Melo Lima e Daniel Luis Marques (ambos SP).

Gol: Anselmo Ramon, aos 25′ do 1ºT (CRB).

Cartões amarelos: Gilmar Dal Pozzo (SPO); Gilvan, Uillian Correia, Richard (CRB).

Público: 12.864 torcedores.

Renda: R$ 197.945,00.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Trending