conecte-se conosco
Apagão no Arruda, em jogo entre Santa Cruz e CSE Apagão no Arruda, em jogo entre Santa Cruz e CSE

ALPESanta CruzSérie DÚltimas

Apagão no Arruda: CSE critica Santa Cruz e entrará com recurso na CBF

Publicados

em

O CSE não saiu feliz do jogo contra o Santa Cruz neste domingo. Além da derrota por 2×1, o clube se incomodou com o apagão no Arruda. Questionando a queda dos refletores, o time viu o ato como “ridículo”, “lamentável” e “vergonhoso” e vai entrar na CBF para esclarecimentos.

Essa visão do clube de Palmeira dos Índios foi explicada pelo executivo de futebol Alex Lima. Segundo ele, a comissão técnica do clube teria visto um suposto responsável pelo apagão e uma comemoração por parte da diretoria coral. Tudo isso é negado pelo Santa Cruz.

“A gente vai entrar com recurso na CBF, porque o que aconteceu ontem foi ridículo. Vamos no STJD, na CBF, para entender o que aconteceu ontem. O Santa Cruz usar um argumento desses para tentar ganhar o jogo é feio. O futebol está ficando desmoralizado a cada dia”.

O apagão no Arruda

A queda de luz aconteceu aos 14 minutos do 2º tempo da partida. No momento, os alagoanos tinha uma grande chegada em um contra-ataque, mas os refletores pararam de funcionar antes do fim da jogada.

Ao todo, foram 21 minutos de paralisação. Depois, os mandantes conseguiram reagir em campo e os corais reverteram a derrota por 1×0 em uma vitória por 2×1, com gols de Alemão e Rafael Furtado.

O argumento do CSE

Na visão do clube, o apagão não foi um acidente, como alega o Tricolor. Para dizer isso, eles se baseiam não apenas na empresa responsável pelo fornecimento de eletricidade (Celpe), mas também em algo visto pela sua comissão técnica.

“Algumas pessoas da comissão viram quando a pessoa passou correndo e depois voltou para ver se tinha dado tudo certo. Isso ainda antes de acontecer. E depois, a pessoa voltou para ver. Alguns membros da diretoria do Santa Cruz caíram na gargalhada, dizendo que foi tudo perfeito”.

A posição da Celpe, informando que não houve falta de energia na região, também foi citada por Alex Lima. “A empresa de energia (Celpe) já se pronunciou de que não teve nenhum curto-circuito o situação de apagão na região, só no estádio”.

O executivo ainda foi além. “E eu não sei como um curto-circuito sai apagando um por um, como se estivesse apagando de propósito. Vamos correr até onde a gente tiver direito”.

A expectativa

A partir das entradas na CBF e no STJD, Alex Lima deixou em aberto o que o CSE espera obter no caso. “Nossa expectativa é fazer nossa parte, mas o que vai acontecer, só o STJD e a CBF vão determinar. Agora, a parte da gente, a gente vai fazer”.

Ainda assim, ele reiterou a posição crítica ao apagão. “É uma situação que repercutiu o Brasil todo, saiu na ESPN, está rodando o Brasil. E isso é vergonhoso. Eu acho que futebol se ganha dentro de campo, não com essas situações, que são lamentáveis. É lamentável”.

A reportagem tentou obter uma resposta oficial do Santa Cruz sobre o apagão, mas o clube não deu respostas até o fechamento da matéria. Em caso de pronunciamento por parte dos corais, o texto será atualizado.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Trending