conecte-se conosco
Meia Felipe Gedoz, em treino do Santa Cruz Meia Felipe Gedoz, em treino do Santa Cruz

PESanta CruzSérie DÚltimas

Uma contratação a cada cinco dias: Ano do Santa Cruz é marcado por chegadas, pouca minutagem e despedidas

Publicados

em

Com 34 contratações em 199 dias, Santa Cruz teve número de reforços equiparado à quantidade de jogos no ano

*Com Felipe Holanda

Entre o agora longínquo jogo diante do Caucaia, que abriu o ano do Santa Cruz pela seletiva da Copa do Nordeste, e o vexame diante do Iguatu, que selou a desqualificação do clube para a disputa do mata-mata da Série D, apenas 199 dias se passaram em 2023. Contudo, se a marca do tempo é considerada pequena, não se pode falar o mesmo da rotatividade do elenco coral, que recebeu 34 novas contratações ao longo da temporada.

Assim, chegaram ao Arruda, três goleiros, quatro zagueiros, seis laterais, sete volantes, cinco meias e nove atacantes. Sendo que alguns destes nem ao menos estrearem com a camisa coral, como foi o caso de Rokenedy, Éverson, Luiz Paim, Kaio Castro e Rian Lopes.

Rokenedy - Apresentação Santa Cruz
Goleiro Rokenedy foi repatriado após três temporadas – Foto: Divulgação/Santa Cruz

Dessa forma, a média aponta que o Tricolor fez uma contratação a cada 5,85 dias. Se levarmos para o número de jogos, a questão se torna ainda mais alarmante, pois a Cobra Coral fez apenas 39 jogos em 2023. Assim, a proporção foi de um anúncio a cada 1,14 jogo.

Um exemplo dessa rotatividade é o caso do meia-atacante Matheus Alessandro. Último contratado coral, o jogador que veio do Volta Redonda fez apenas duas partidas, contra Potiguar de Mossoró e Iguatu, e já ficará livre no mercado, uma vez que seu vínculo era apenas até o final da Série D.

Inclusive, a formação do elenco para 2023 foi precedida de outro ano com grande número de contratações. Em 2022, primeiro ano do Santa Cruz em seu inglório retorno à Série D, já haviam sido contratados 31 jogadores.

Alguns destes contratados no ano passado, permaneceram para o início do planejamento com o técnico Ranielle Ribeiro – primeiro dos três comandantes do Santa Cruz no ano -, mas acabaram saindo devido às circunstâncias da temporada. Dessa forma, Jefferson Feijão, João Erick, Arthur, Anderson Ceará, Ariel, Hugo Cabral e Lucas Silva deixaram o clube antes do fim da temporada.

Outro caso insólito no elenco coral foi o do meia Chiquinho. O jogador se despediu do Santa Cruz no final de 2022, depois de uma passagem ruim pelo Santa Cruz. Contudo, menos de seis meses depois, acabou repatriado após atuar no Campeonato Mineiro.

Quem se firmou entre os contratados?

Entre os contratados corais apenas dois se firmaram de maneira incontestável: o goleiro Michael e o atacante Pipico, que apesar de ter sido visto com desconfiança na chegada, renovou seus vínculos com a torcida e se tornou o artilheiro coral na temporada, com 11 gols.

Nas laterais, onde quatro dos seis jogadores foram contratados apenas para a Série D, Rhuan Rodrigues e Marcus Vinícius foram aqueles que receberam mais oportunidades. Contudo, o ala esquerdo era um dos principais alvos das críticas dos torcedores, especialmente em jogos no Arruda.

Emerson Souza, volante do Santa Cruz, em jogo contra o Globo
Volante Emerson Souza foi um dos pedidos do técnico Felipe Conceição para a Série D – Foto: Evelyn Victória/Santa Cruz

O meio-campo e o ataque foram os setores de maior rotatividade no elenco. Assim, entre os contratados para a volância e a meia de criação, Emerson Souza, Fabrício Bigode, Pingo, Wagninho, Nadson e Chiquinho foram aqueles que mais receberam oportunidades, sempre se revezando entre a titularidade e a reserva imediata.

No ataque, Emerson Galego foi a contratação que mais recebeu oportunidade, mas acabou perdendo espaço nos jogos finais com o técnico Evaristo Piza, que acabou optando por nomes como Maranhão – que teve momentos de ostracismo em 2023 – e Iago Silva, contratado na reta final do campeonato junto ao América-RN.

Contratações Santa Cruz – 2023

Goleiros
MATHEUS INÁCIO
MICHAEL
ROKENEDY

Zagueiros
YAN OLIVEIRA
GABRIEL YANNO
ÉVERSON
LUIZ PAIM

Laterais
THARLLES
LÉO FERNANDES
RHUAN RODRIGUES
MARCOS VINICIUS
MATHEUS MÜLLER
IAN RODRIGUEZ

Volantes
BARAKA
ANDERSON PAULISTA
PINGO
ITALO HENRIQUE
EMERSON SOUZA
FABRÍCIO BIGODE
WAGNINHO

Meias
FELIPE GEDOZ
KAIO CASTRO
GABRIEL POPÓ
NADSON
CHIQUINHO

Atacantes
RIAN LOPES
DAGSON
MICHAEL DOUGLAS
GALEGO
MARANHÃO
IAGO SILVA
MIULLEN
MATHEUS ALESSANDRO
PIPICO

Eliminado na 1ª fase, Santa depende do Retrô para ter calendário nacional em 2024

Trending

Copyright © 2020 NE45. Todos os direitos reservados