conecte-se conosco
Marcelo Segurado, executivo de futebol do Santa Cruz Marcelo Segurado, executivo de futebol do Santa Cruz

PEPernambucanoSanta CruzSérie DÚltimas

Com confiança no elenco, Segurado afirma que Santa só deve contratar para a Série D, mas segue em busca de zagueiro

Rafael Melo/SCFC

Publicados

em

O Santa Cruz vive um início de temporada de altos e baixos. Com bom desempenho ofensivo, mas sem um equilíbrio defensivo que passe tranquilidade. Atento a isso, o executivo de futebol coral, Marcelo Segurado, negou preocupação, vendo isso como algo natural de um time recém-formado. Ainda assim, o executivo confirmou que o clube segue em busca de mais um zagueiro para o elenco, mesmo que acreditando que o time só deva conseguir se reforçar para a Série D.

Olhando para o futebol ainda instável que o Santa Cruz vem apresentando neste início de temporada, Marcelo Segurado, executivo que assumiu a gestão do futebol do clube logo no início do processo de formação do elenco, conversou com o NE45 e avaliou isso como um processo normal, uma vez que o time teve que ser remontado do zero e garantiu confiança sobre os jogadores.

“Foram 19 contratações, uma reformulação total. Para o futebol, isso demanda tempo. Dentro das condições, nós fomos buscar jogadores que quisessem vir, o que não foi fácil, nós tivemos inúmeras negativas, pela condição do clube, pela série, pela fama de mal pagador, pela falta de calendário. Nós tivemos muitos obstáculos. Então, a gente valoriza muito os que vieram acreditando no projeto, na camisa do Santa Cruz, no meu trabalho, no trabalho do Leston”.

Essa visão, inclusive, foi endossada pelo treinador Leston Júnior, em entrevista coletiva. “Quando você monta um time do zero, como nós montamos, é normal que você sofra em determinada fase do jogo. Às vezes, é comum ter um time que consiga defender muito bem, mas é pouco agressivo ofensivamente ou o contrário. Isso leva tempo e, às vezes demora um pouco mais do que a gente gostaria (…) Eu não posso atribuir isso à não assimilação dos atletas, e muito menos à questão de contratação”, afirmou o técnico do Santa Cruz.

Nesse cenário, Marcelo Segurado revelou uma avaliação positiva, mas garantiu que o departamento de futebol segue avaliando o elenco e sabe que ainda precisará buscar mais reforços para a disputa da Série D, competição mais importante para a temporada coral.

“Nas limitações que a gente tem, eu estou satisfeito com a postura do elenco, só que desde o início a gente sabia que muitos iriam dar certo e, evidentemente que alguns não, a gente não iria dar certo 100%. Então, estamos avaliando, tendo consciência de que precisamos qualificar mais ainda o elenco para a Série D, para o Brasileiro, agora não”.

Sobre esse último ponto, visando reforços apenas para a disputa da Quarta Divisão, Segurado negou se tratar de um Santa Cruz com janela de transferências fechada para este momento, mas, sim, um reflexo do mercado.

“Se aparecer alguma coisa extraordinária, mas eu penso que é difícil aparecer por agora, porque os bons jogadores, que a gente quer trazer, com certeza estão em outros campeonatos agora. Mas, se aparecer algum jogador interessante agora, é evidente que a gente traz, mas eu acho difícil pelo momento. Os jogadores estão jogando campeonatos no Brasil inteiro”.

Mais um zagueiro no Santa Cruz

Mesmo vendo um mercado com poucas opções disponíveis, Marcelo Segurado garantiu que o Santa Cruz segue em busca de mais um zagueiro para a composição de elenco. Hoje, para a posição, o clube tem Alex Alves e Lucão, que vêm tendo maior sequência, além dos jovens Ítalo Melo e Júnior Sergipano. O clube espera trabalhar com cinco peças para a posição, mas sem desespero para trazer esse reforço.

“Temos uma posição que não foi preenchida ainda porque temos muito cuidado: falta mais um zagueiro, a gente vai trabalhar com cinco. Então, a avaliação, de modo geral, vejo como positiva, reforçando a entrega, em função do comportamento e do comprometimento que esses atletas que vieram estão tendo com o projeto do clube. Evidente que a gente pensa em buscar reforços, qualificar para a Série D, dar chance para alguns que não tiveram tantas possibilidades de ir para outro clube”.

Trending

Copyright © 2020 NE45. Todos os direitos reservados