conecte-se conosco
Mateus Gonçalves, atacante do Vitória Mateus Gonçalves, atacante do Vitória

BABaianoÚltimasVitória

Atacante do Vitória pede pés no chão na final do Campeonato Baiano e destaca força defensiva

Foto: Victor Ferreira/EC Vitória

Publicados

em

Mateus Gonçalves destacou que elogios ao Leão não tornam time soberbo e vê força do grupo para defesa ser consistente

O Vitória tem uma vantagem boa para a final do Campeonato Baiano, ao bater o Bahia por 3 x 2 no jogo de ida, no Barradão. Com um empate fora de casa, na Arena Fonte Nova, o Rubro-negro garante o título. O poder de reação do primeiro jogo da final, a forma com a qual o time se remontou, rendeu vários elogios. Mas o elenco não deixa isso subir à cabeça.

“No momento ruim, nem tudo está perdido. E no momento bom, nem tudo está certo. Eu acho que os elogios são genuínos e positivos pela fase que estamos vivendo. Porém, pés no chão sempre”, iniciou o atacante Mateus Gonçalves.

“O lado de lá tem uma equipe muito forte e vai ser uma decisão muito difícil. Temos que manter o equilíbrio e não deixar se levar, não deixar a soberba tomar conta. É ter pés no chão, vamos com muita humildade para poder guerrear”, acrescentou.

Além disso, o Bahia tem força jogando na Arena Fonte Nova. O Tricolor mantém os 100% de aproveitamento jogando em casa nesta temporada, algo que o Vitória precisa quebrar para conquistar o título. Por isso o tom adotado por Mateus Gonçalves, sem deixar subir à cabeça, achando que o Leão já conquistou o título.

Mateus Gonçalves, atacante do Vitória
Foto: Victor Ferreira/EC Vitória

Defesa do Vitória é um trunfo na final do Baiano

O Vitória tem, até o momento, a melhor defesa do Campeonato Baiano. São oito gols sofridos em 12 partidas disputadas. Números que mostram a solidez defensiva mostrada pela equipe desde o ano passado. Isso é um bom trunfo para encarar o rival, que tem um sistema ofensivo qualificado.

Para Mateus Gonçalves, todo o time do Vitória tem méritos pelo desempenho defensivo da equipe. Desde o apoio que os atacantes dão, lá na frente, passando pelos meio-campistas e os defensores.

“Nosso grupo é muito forte, nossa defesa está muito consolidada. Conseguimos nos defender bem e temos um gol de vantagem para o segundo jogo da final. Se empatamos lá, sairemos campeões”, falou.

“Costumo dizer que é nosso grupo, por mais que nossa defesa esteja consolidada. É um trabalho de todo grupo, desde nossa comissão técnica, ataque, meio de campo e defesa. É um grupo muito coeso e confiante para fazer um excelente jogo”, concluiu.

Números, estatísticas e mais sobre o futebol nordestino: Confira as últimas do Blog de Cassio Zirpoli

Trending

Copyright © 2020 NE45. Todos os direitos reservados