conecte-se conosco
Evandro Carvalho - Sport - Fortaleza - Náutico - Santa Cruz - Pernambucano - STJD Evandro Carvalho - Sport - Fortaleza - Náutico - Santa Cruz - Pernambucano - STJD

ABCALAmérica-RNBABahiaBotafogo-PBCampinenseCECearáConfiançaCopa do NordesteCRBCSAFortalezaMANáuticoPBPEPernambucanoPIRNSampaio CorrêaSanta CruzSESportÚltimasVitória

Presidente da FPF revela desejo por torcida única em todo o Brasil, mas diz que CBF e federações são contrárias à medida

Foto: Rafael Vieira/FPF

Publicados

em

Evandro Carvalho reforçou o desejo após o atentado contra o ônibus do Fortaleza na capital pernambucana

O presidente da Federação Pernambucana de Futebol (FPF-PE), Evandro Carvalho, revelou que deseja a implantação de torcida única em todos os jogos do futebol brasileiro durante um ano. O mandatário, em contato com a reportagem do NE45, disse que já sugeriu essa medida para a CBF e as federações, mas afirmou que as entidades são contrárias.

A fala do presidente da FPF ocorre menos de 24 horas após o atentado contra o ônibus do Fortaleza, que estava a caminho de um hotel em Boa Viagem, na Zona Sul do Recife, depois do empate por 1 x 1 contra o Sport na Arena de Pernambuco.

O ônibus que carregava a delegação foi alvo de pedras e bombas. Em um vídeo antes do atentado é possível observar membros de uma organizada do Sport planejando atacar um veículo com torcedores do Fortaleza. Contudo, quem acabou se ferindo foram seis jogadores do Leão do Pici.

“Eu disse que acho que seria uma boa medida (torcida única no Brasil), mas a CBF e, acho, todas as federações são contrárias. Sei a posição deles. Eu defendo essa posição, já apresentei antes, mas as federações, salvo São Paulo, são contrárias. Toda vez que posso eu reforço, mas não tem surtido efeito”, disse o presidente da FPF.

Evandro Carvalho chama diretores do Sport de "trainees de dirigente" após críticas ao Estadual - Evandro Carvalho_Presidente FPF_2024 - lance Náutico
Evandro Carvalho, presidente da FPF, defende torcida única no Brasil. Foto: Rafael Vieira/FPF

Esta não é a primeira vez que o Evandro defende torcida única. Em janeiro deste ano, após o primeiro clássico da temporada, o presidente da FPF determinou apenas a presença de mandantes em jogos entre Náutico, Sport e Santa Cruz.

Contudo, após ação dos clubes na Justiça, o TJD-PE derrubou essa medida e manteve os clássicos com ambas as torcidas.

Questionado sobre o porquê acredita que esse é o caminho ideal, o presidente da FPF defendeu torcida única por ser uma “medida de choque”.

“É uma medida de choque, pedagógica. Essa luta é inglória. Nossas leis são frouxas, é como enxugar gelo”, finalizou o presidente da FPF.

Saiba mais

Atentado contra ônibus do Fortaleza após jogo contra o Sport

Após o empate em 1 x 1 de Sport e Fortaleza nessa quarta-feira (21), membros de uma uniformizada ligada ao Rubro-negro realizaram um atentado contra o ônibus que conduzia a delegação do time cearense, que havia deixado a Arena de Pernambuco.

Bombas caseiras e pedras foram atirados contra o veículo, que passava pela BR-232 ferindo jogadores com os estilhaços dos vidros estourados das janelas. Todos estão bem, na medida do possível, mas bastante chocados pela ação criminal.

Lateral-esquerdo Gonzalo Escobar ficou entre os mais feridos em ataque a ônibus do Fortaleza
Foto: Reprodução/Instagram/Marcelo Paz

O lateral-esquerdo Gonzalo Escobar teve um traumatismo cranioencefálico e passará por mais exames, mas encontra-se lúcido e sem sinais de um problema mais grave. Ele também tomou pontos no supercílio e na boca. O goleiro João Ricardo também passou por uma sutura (pontos) no supercílio.

Outros nomes como os zagueiros Titi e Brítez, o volante Lucas Sasha e o lateral-direito Dudu também se feriram com estilhaços de vidro, mas foram atendidos e passam bem. No caso de Titi, ele ainda tem estilhaço preso na panturrilha, num ferimento mais profundo, e passará por exames para avaliar a retirada desse pedaço de vidro.

Trending

Copyright © 2020 NE45. Todos os direitos reservados